Artigos

10/03Fernando Barboza

Vantagens dos revestimentos naturais na arquitetura sustentável

Trazer a natureza para dentro de casa é uma tendência que ganha força. Nos últimos anos, felizmente, tem sido cada vez mais corriqueiro encontrar pessoas que ao reformar ou planejar um novo espaço procuram por materiais e alternativas ligadas à arquitetura sustentável. Inclusive, mensalmente em média 3 mil pessoas pesquisam no Google o termo arquitetura sustentável. 

Esse conceito de arquitetura sustentável também é conhecido como arquitetura verde e tem em sua essência minimizar os impactos ambientais, promovendo uma construção sustentável, com eficiência energética e hídrica A ideia é atender às necessidades de quem desfrutará daquele espaço, mas sempre respeitando o meio ambiente. 

Sistemas de automação, energia solar e materiais sustentáveis estão entre as opções que englobam arquitetura sustentável. Ao longo deste artigo falaremos especificamente sobre os revestimentos naturais e como eles se encaixam perfeitamente bem com essa proposta. 

Leia também: Uso de materiais naturais está entre as tendências da arquitetura 

Benefícios dos revestimentos naturais na arquitetura sustentável

Os revestimentos naturais podem ser usados em uma série de locais – espaços internos (salas, cozinhas, banheiros) e espaços externos (jardins, piscinas, muros). Além de estarem totalmente atrelados à arquitetura sustentável, eles apresentam diversas vantagens. 

Maior durabilidade 

Se você fizer uma pesquisa, vai identificar rapidamente que várias construções históricas possuem como matéria-prima os revestimentos naturais. E elas estão intactas há séculos, como as pirâmides do Egito. 

O aspecto ecológico dessas pedras naturais tendem a preservar as características do produto. Exemplos como Pedra Hijau, Hitam, Água Marinha e Seixo Telado mesmo com o passar do tempo não perdem a tonalidade. 

Leia também: Revestimentos naturais têm maior durabilidade?

Apresentam conforto térmico 

O segredo é o seguinte: as pedras naturais são duras e frias, atuando como isolantes térmicos. Em regiões de clima quente, se os ambientes forem revestidos com revestimentos naturais eles se manterão termicamente mais frescos. Já em regiões mais frias, os revestimentos naturais tendem a reter o calor no ambiente por mais tempo, de maneira que a temperatura não reduza tão bruscamente. 

Leia também: Frescor e conforto – saiba como as pedras naturais ajudam no isolamento térmico dos ambientes 

Menor impacto ambiental 

Um revestimento sustentável contribui para minimizar os impactos no meio ambiente. Sua fabricação exige menor exploração de recursos naturais. A pedra Hitam, por exemplo, tem como origem a lava de vulcão, uma matéria-prima não poluente. Para completar, ela não produz resíduo durante a aplicação, manutenção ou utilização.

Leia também: Hitam – conheça a pedra de lava vulcânica 

Menor necessidade de manutenção 

Pelo fato da durabilidade ser maior, um revestimento natural acaba sendo um revestimento sustentável, afinal, não será necessário adquirir mais produtos a curto, médio e até mesmo a longo prazo, reduzindo o estímulo ao consumo. 

Basicamente, a manutenção necessária envolve a limpeza das pedras naturais para que elas se mantenham belas por mais tempo.

Leia também: Manutenção de revestimentos naturais – entenda como funciona 

Revestimentos naturais da Artemano trazem mais sustentabilidade para os projetos

Agora que você já sabe das principais informações e vantagens que envolvem revestimentos naturais e arquitetura sustentável, acesse a loja online e conheça os produtos comercializados pela Artemano. 

Pedra Hijau
Pedra Hitam
Pedra Água-marinha
Tijolo inglês 
Seixo telado 
Pedra Ferro
Microsseixos
Mármore Travertino

Compartilhar