Artigos

26/03Fernando Barboza

Por que apostar em revestimentos naturais nos seus projetos

Ao fazer um projeto ou reforma, são várias as opções de revestimentos, podendo ir desde papéis de parede, madeiras, porcelanatos, pastilhas e cerâmicas até revestimentos naturais como pedras, rochas, bambus, entre outros.

Esses revestimentos são muito utilizados nos projetos de arquitetura, decoração e afins, uma vez que trazem um tom diferenciado em relação às técnicas tradicionais do mercado. Porém, não é só isso!

Quando o cliente deseja ter um ambiente mais aconchegante e, ao mesmo tempo, personalizado, os revestimentos naturais são capazes de cumprir esse papel. Além do mais, eles podem ser aplicados em ambientes rústicos, internos, externos ou até mesmo em locais estratégicos, como piscinas e balcões.

Quer conhecer um pouco mais sobre os revestimentos naturais, suas aplicações e benefícios? Então, continue a leitura e considere essa alternativa em seus próximos projetos!

O que são revestimentos naturais?

Os revestimentos naturais servem tanto para áreas internas quanto para externas, sejam elas úmidas, molhadas ou secas. Como o nome já indica, eles são formados por materiais naturais como madeiras, rochas, pedras e fibras.

Contudo, por mais que possam ser aplicados em diversos locais, antes de sua instalação é necessário realizar uma análise para determinar se o revestimento escolhido pode ser usado como piso ou como revestimento de parede, principalmente em áreas internas ou externas como muros, fachadas, jardins, piscinas, entre outras opções.

Também é preciso considerar se o projeto demanda alguma adaptação, como suportes e/ou chumbadores metálicos em decorrência do peso. Somado a isso, também vale observar se precisam de alguma proteção para que a aparência seja mantida — mesmo quando expostos a diversos agentes, como chuvas ácidas, poluição ou produtos de limpeza.

Como os revestimentos naturais têm sido utilizados na arquitetura?

Os revestimentos naturais fazem parte de uma forte onda sustentável que veio para ficar, inclusive na arquitetura. A utilização desses tipos de materiais em acabamentos e decorações é fundamental para ampliar a consciência ambiental e, por isso, houve uma demanda considerável na procura por essas soluções naturais.

O motivo é simples: os revestimentos provenientes de matérias-primas naturais — e até mesmo recicladas — são não poluentes e, geralmente, provenientes de fontes renováveis com o mínimo de produção de resíduos em sua aplicação ou manutenção.

Além de dar um toque natural e aconchegante aos ambientes, esses revestimentos também otimizam as construções. É possível conseguir temperaturas mais amenas, por exemplo, ou simplesmente adotar uma postura mais ecológica diante da industrialização desenfreada.

Quais os tipos de revestimentos naturais?

Existem diversas opções de revestimentos naturais, de diferentes origens e também com variados custos. Abaixo, destacamos as principais delas para que você possa dominar melhor a utilização mais adequada para cada situação. Confira!

Madeiras, bambus e fibras vegetais

Esses elementos, quando usados como revestimentos, podem ser aplicados em diversos locais e formas, como paredes e pisos, áreas internas e externas. Entretanto, requerem um maior cuidado e manutenção. Portanto, sempre analise o local, o efeito desejado, como é a manutenção e com que frequência ela deve ser realizada.

Normalmente, essas superfícies recebem uma impermeabilização, de modo que o material se torne mais durável e resistente. Além das madeiras, já temos projetos que incluem pastilhas e outras soluções feitas com bambu, fibra de coco, folha de bananeira, entre outras maneiras de tornar o ambiente mais sustentável, mas sem perder a elegância e a segurança necessárias.

Pedras naturais

As pedras são muito utilizadas como revestimento em paredes e pisos e conferem um toque mais personalizado e natural ao ambiente. Podem ser usadas tanto em ambientes internos como externos, sendo grandes destaques em piscinas e paredes externas.

Esses revestimentos naturais trazem uma durabilidade incomparável e, dependendo do tipo de pedra, você pode dar permeabilidade ao local, se necessário, ou até o contrário. O lado bom é que existem várias opções de pedras naturais no mercado, possibilitando projetos sempre personalizados. Podemos citar as mais utilizadas como revestimentos:

  • San Thomas (também conhecida como pedra São Tomé);
  • Aqua Marine;
  • Hijau (bruta ou lisa);
  • Hitam;
  • Rust;
  • seixos.

É importante destacar que sua aplicação demanda alguns cuidados, pois, além de ser um material natural e único, o resultado final do revestimento, em geral, apresenta alto-relevo. Nesse sentido, a instalação correta e a boa manutenção garantirão um perfeito alinhamento das pedras no ambiente.

Granitos e mármores

Esses revestimentos naturais são os mais conhecidos e estão presentes em praticamente todo projeto e edificação. Isso porque eles podem conferir tanto um ar clássico quanto moderno ao ambiente, além de serem rochas extremamente resistentes e duráveis.

Por outro lado, elas sofrem desgastes ao longo do tempo, demandando certos cuidados na limpeza — evitando produtos abrasivos, corantes e demais substâncias que possam manchar. Para reduzir a porosidade e aumentar a durabilidade, geralmente esses revestimentos naturais são polidos e impermeabilizados.

Quais os principais benefícios dos revestimentos naturais?

Os revestimentos naturais são muito valorizados por profissionais de arquitetura e engenharia, além de serem muito solicitados por clientes antenados nas tendências do mercado. Afinal, eles apresentam diversos benefícios, como veremos a seguir.

Conforto e bem-estar

Além do conforto visual e de proporcionar maior sensação de aconchego, os revestimentos naturais também proporcionam ao ambiente maior bem-estar no quesito térmico e acústico. Isso acontece pois são capazes de absorver parte do som e também apresentam uma temperatura agradável — não sendo uma superfície tão quente ou fria.

Outro aspecto que proporciona bem-estar é que, por serem elementos da natureza, podem apresentar propriedades terapêuticas e relaxantes. Os seixos, por exemplo, quando colocados no chão, podem massagear os pés. Já a pedra Hijau é muito usada em tratamento de água e “absorve” os metais pesados do corpo humano, neutralizando os radicais livres.

Exclusividade

Os revestimentos naturais apresentam características únicas, sendo no máximo parecidos entre si, mas nunca iguais. Dependendo do local de onde são provenientes, podem ser ainda mais exóticos, exclusivos e únicos.

Nesse sentido, um ambiente nunca vai ser igual ao outro, principalmente se o arquiteto e o cliente unirem suas melhores ideias para criar propostas exclusivas, funcionais e únicas. Alguns tipos para quem deseja essa maior exclusividade são as pedras San Thomas, Rust, Hitam, Hijau Bruta, Hijau Lisa e os seixos.

Variedade

É possível encontrar pedras feitas com magma vulcânico e outros tipos de rochas, como mármores e granitos, com diversas características e preços, atendendo a variados gostos e bolsos.

Dessa forma, além dos modelos mais conhecidos e comuns, existem alguns que são comercializados de forma exclusiva no Brasil, como é o caso da pedra San Thomas e da Rust — produzidas em formato hexagonal.

Existem, também, diversas possibilidades de acabamento com esses revestimentos naturais, como:

  • acabamento apicoado;
  • acabamento polido;
  • acabamento liso;
  • acabamento flamejado;
  • acabamento amaciado;
  • acabamento bruto;
  • acabamento jateado.

Além disso, os revestimentos naturais são encontrados em espessuras e tamanhos variados, pois dependem das propriedades, do efeito desejado e de qual sistema de fixação será utilizado.

Durabilidade

Os revestimentos naturais são materiais extremamente duráveis e, como consequência da maneira como foram formados, apresentam longo ciclo de vida útil. Algumas das famosas construções históricas, existentes até os dias atuais e com milhares de anos, foram feitas justamente com esse tipo de material!

Por sua durabilidade e atemporalidade, podem ser usados tanto em ambientes internos como externos, em piscinas, banheiros, salas, escritórios, espaços comerciais e públicos, áreas secas ou úmidas, entre outros — e ainda com a segurança de que não sairão de moda.

Fácil manutenção

Para que o revestimento conserve sua beleza e qualidade, a manutenção é essencial. A boa notícia é que esse procedimento pode ser feito anualmente e, em alguns casos — como nas áreas internas —, apenas um pano úmido ou um aspirador de pó já é suficiente. Nas externas, é aconselhável utilizar a lavadora de alta pressão, mantendo o aspecto natural do produto.

Somado a essa facilidade de limpeza, também é simples proteger o revestimento de líquidos e manchas. Para isso, basta aplicar óleo fugante, que, além de facilitar a higienização, conserva e acentua a cor do revestimento. Contudo, é essencial analisar as propriedades do material e o local em que se pretende aplicá-lo, a fim de que a sua qualidade, durabilidade e resistência sejam atingidas.

Quais os diferenciais da Artemano em relação aos revestimentos naturais?

A Artemano trabalha desde 2008 com a produção, importação e comercialização de pedras naturais, além de móveis e produtos decorativos. Nesse sentido, podemos dizer que somos especialistas em revestimentos naturais importados e de alto padrão.

A exclusividade e o requinte, aqui, falam mais alto, uma vez que damos destaque à beleza já talhada pela natureza, com maestria, em cada detalhe dos revestimentos que oferecemos ao mercado. O diferencial é que inovamos ao garimpar matérias-primas de todas as partes do mundo, como do sudeste asiático, conferindo alto nível de personalização aos ambientes.

Entre produtos exóticos, a Artemano foca em pedras Hijau, Hitam, seixos e Aqua Marina. Por isso, os projetos mais exclusivos contam com os nossos produtos, principalmente em se tratando de parcerias com arquitetos, construtoras, designers e consumidores finais de bom gosto.

Com a experiência adquirida em anos de mercado internacional, montamos uma equipe especializada em controlar rigorosamente os produtos, entregando revestimentos naturais com cortes e espessuras cada vez mais precisos e prontos para conferir o melhor acabamento aos ambientes — isso evita, inclusive, os problemas durante as instalações que mencionamos anteriormente.

Como se vê, os revestimentos naturais apresentam diversas aplicações e, pela sua grande variedade, também podem ser encontrados em diversos orçamentos — dos mais básicos aos mais sofisticados.

Entretanto, independentemente do valor, quando analisamos as características e vantagens desses materiais, observa-se que esse tipo de revestimento tem um excelente custo-benefício, além de proporcionar uma sensação de maior proximidade com a natureza, mais bem-estar, beleza e conforto.

Não podemos deixar de destacar o cunho sustentável que faz parte do uso dos revestimentos naturais. Desde que garimpados por uma empresa séria, essas matérias-primas otimizam projetos arquitetônicos mais ecológicos, agradáveis e permanentes. Afinal, com um produto natural e de qualidade, a necessidade de troca ou reformas é mínima.

Gostou do conteúdo que leu? Viu só como apostar nesses revestimentos naturais é uma excelente opção? Então, aproveite a visita ao blog e baixe o nosso e-book completo sobre os revestimentos naturais da Artemano!

Compartilhar