Artigos

10/10 Fernando Barboza

Revestimentos para piso em área externa: veja os 4 melhores!

São diversos os tipos de pisos existentes, porém, quando se trata de escolher piso em área externa, é necessário levar em consideração determinadas características, como resistência adequada, antiderrapância, rijeza à incidência solar e à água, assim como a adequação para as diversas finalidades — áreas de piscina, varandas, jardins, áreas gourmet, garagens, entre outras. 

Além dessas características, da quantidade média de pessoas que transitarão, do peso colocado e das diversas especificações, também existem vários tipos de materiais, como madeiras, porcelanatos, cerâmicas e as pedras naturais. Essas opções apresentam diversos acabamentos, cores, formas de aplicação e também custos variados. Continue a leitura e compreenda mais sobre os revestimentos para área externa.

Os 4 tipos de piso em área externa

São diversas as possibilidades de escolha para pisos em áreas externas, podendo ser definido tanto por preço, quanto por aparência, tamanho, aplicação, entre outros fatores. Entretanto, alguns aspectos devem ser levados em consideração, independentemente do tipo de piso.

Um deles é a rugosidade. Atente-se a evitar pisos que facilitem a ocorrência de escorregões e acidentes. Outro aspecto é a carga a que será submetido e o fluxo de pessoas que transitarão no ambiente. Após analisar esses aspectos, você poderá escolher quais opções, em cada um dos tipos existentes, que mais o agradam.

1. Madeiras

Os pisos de madeira são muito comuns em varandas e decks de piscina e podem ser usados em diversos tipos de ambientes externos, não devendo ser aplicados em garagens. Contudo, eles demandam cuidados específicos para que não danifiquem com a umidade e a incidência solar, como a proteção por vernizes apropriados.

2. Porcelanatos

Os porcelanatos são muito utilizados tanto em áreas internas quanto em áreas externas e apresentam diversos tamanhos e tipos de acabamentos — alguns são mais simples, outros imitam pedras, cimento queimado, madeira, entre outros.

Apresentam, ainda, excelente resistência e baixíssima absorção da água. Para serem aplicados em áreas externas, devem apresentar um coeficiente de atrito superior a 0,4 a fim de evitar acidentes. 

3. Cerâmicas

As cerâmicas são revestimentos bastante populares e mais acessíveis. Também apresentam diversas cores, tamanhos e acabamentos — brilhoso, fosco, entre outros —, e uma resistência inferior ao porcelanato, maior absorção de água e maior absorção de calor. Também é necessário que o coeficiente de atrito seja superior a 0,4 — para pisos em área externa.

4. Revestimentos naturais

Os revestimentos naturais podem ser os mármores, os granitos e as pedras, como San Thomas, Acqua Marine, Hijau, Hitam, Seixos, entre outras. Esses são revestimentos mais nobres e diferenciados, conferindo maior exclusividade e beleza. São muito utilizados tanto em ambientes rústicos quanto em ambientes modernos e mais sofisticados. 

Podem ser mais lisos ou rugosos, demandando observância a esse ponto, a fim de não empregar os escorregadios em áreas externas, molhadas ou úmidas.

Apresentam diversos tipos de cores, acabamentos e opções de tamanho. O custo também varia de acordo com o revestimento escolhido e a sua disponibilidade. Quanto mais raro, maior será o valor. 

Um grande benefício dos revestimentos naturais é que, naturalmente, tendem a ser antiderrapantes, apresentando mais opções, e também auxiliam a refrescar os ambientes, tornando-os mais agradáveis uma vez que não absorvem muito calor. 

Ao escolher piso em área externa, pode-se optar por revestimentos naturais ou não. Independentemente da escolha, é importante prezar pela qualidade, analisar a carga a que serão submetidos, o fluxo de pessoas, evitar pisos muito lisos, prezar pela alta resistência e durabilidade — além de não esquecer das características estéticas que o agradam.

Os pisos para área externa podem ser aplicados em diferentes locais, formas e assim, é possível obter resultados estéticos totalmente diferentes. São diversas as opções, assim como as características de cada tipo de piso, resistência, entre outros fatores.

Viu só como existem diversas opções de piso em área externa? Essa diversidade possibilita que vários orçamentos, gostos, estilos, desejos e diferentes necessidades sejam atendidas. O primeiro passo é definir então quais são esses aspectos e escolher a opção mais adequada a você!

Gostou deste texto? Interessou-se pelos revestimentos naturais? Então, conheça mais lendo o texto “Revestimento: conheça as melhores opções do mercado para o seu projeto”.

Compartilhar